Bem, depois disto...

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Depois de ler o "post" do Sandro, vou humildemente contribuir com um par dos "meus" momentos divinos.

Ficar, pela positiva, surpreendido com os amigos, quando achas que os começas a conhecer. Cair em conta que as pessoas que valoras realmente nunca vão deixar de surpreender-te. Cair em conta que a mistura amigo/pessoa surpreendente, embora rara, existe na tua vida. E para não enjoar, mais ainda depois de semelhante amostra de destreza do Mouro (e na minha má e "avenezuelanada" versão da língua de Camões) deixo um último momento divino: ficar com a certeza de que, a pesar de muita água pelo meio, amigo é amigo - sem importar a distancia.

Passo a bola ao próximo. ;-)

2 comentários:

Mouro disse...

Obrigado pela parte que me toca. De qualquer maneira deves ser daqueles que consegue uma lista maior ou igual à minha. Tinhas é que andar com um bloco de notas um dia inteiro. Eu ainda agora acrescentei os pistachios :)
Não te preocupes com o teu português.. olha que o Jorge tambem vai escrever, lol.

You my friend.. you're good!... No, no.. you have a gift.. you're very good.

Abraço

Market-Mouro disse...

fodas...agora e que li o que voces os dois tinham escritos e sinto me mal por um poste tao leve...

ja agora vou pensar em escrever uma coisa mais pesada